Conheça mais sobre o trabalho de gestão de recursos humanos e sua importância

A gestão de recursos humanos (RH) é fundamental para o crescimento das empresas, independentemente do porte ou nicho do empreendimento. O setor é responsável por intermediar as relações entre os colaboradores, evitando conflitos e promovendo uma excelente cultura organizacional.

Para termos uma ideia, uma pesquisa veiculada pela Harvard Business Review analisou 53 empresas com boas práticas de gestão de recursos humanos, demonstrando que o desempenho delas foi 51% superior à média do mercado.

Ou seja, ao promover um ambiente de trabalho agradável, é possível aumentar consideravelmente a produtividade do negócio, contribuindo para melhorar o reconhecimento e o destaque da sua empresa.

No artigo de hoje, conheça mais sobre o trabalho de gestão de recursos humanos e sua importância. Acompanhe a leitura!

O que é gestão de recursos humanos?

A gestão de recursos humanos se refere a uma série de técnicas, estratégias e metodologias que visam motivar os colaboradores, bem como alinhar os valores, missão e visão da empresa em todas as equipes.

Assim, muito além da realização de processos seletivos, administração de pagamentos e cumprimento das leis trabalhistas, a atividade está diretamente relacionada ao clima organizacional do ambiente de trabalho.

Por esse motivo, o gestor de RH deve estar pronto para acompanhar os interesses dos colaboradores e da própria empresa, construindo uma relação harmoniosa e equilibrada, para que todos saiam ganhando.

Quais são as principais funções da gestão de RH?

O grande segredo para o trabalho de gestão em RH é considerar o capital humano como o bem mais valioso das empresas. Afinal de contas, qualquer empreendimento, seja ele uma empresa de monitoramento de alarmes ou uma loja de roupas, é feito de pessoas.

Sendo assim, algumas das principais funções da área de RH são:

Atração e desenvolvimento de talentos

O setor de RH é responsável por atrair talentos para as empresas, por meio de processos de seleção, entrevistas de emprego e testes com candidatos.

Além disso, o departamento deve buscar o desenvolvimento de talentos, como forma de potencializar as habilidades dos colaboradores e aumentar o desempenho das equipes.

Dessa forma, é possível diminuir o índice de rotatividade dos profissionais e garantir que os funcionários de destaque permaneçam no seu negócio, contribuindo para o crescimento e aprimoramento da organização.

Integração das equipes de trabalho

A gestão de RH é responsável por promover as boas condições de trabalho nas empresas e integrar as equipes, seja por meio da mediação de conflitos ou pela capacitação dos funcionários (treinamentos e dinâmicas).

Esse é um dos pontos fundamentais para a produtividade, tanto que há serviços de consultoria em reestruturação de empresas.

Afinal de contas, de nada adianta oferecer um bom salário, se os colaboradores não se sentem motivados, ou estão em um ambiente de trabalho com muitos conflitos internos. Isso pode comprometer o desempenho das equipes e a qualidade dos serviços.

Planejamento do endomarketing

O endomarketing, também conhecido como “marketing interno”, refere-se a um conjunto de estratégias que visam melhorar a imagem da empresa diante dos colaboradores. Ou seja, é um trabalho de dentro para fora.

Para o planejamento dessa metodologia, é importante que a gestão de RH e o departamento de marketing estejam alinhados, pois a estratégia ajuda a criar um senso de satisfação da equipe e comprometimento com o trabalho.

Uma iniciativa bem simples, mas que faz toda a diferença no sentimento de pertencimento dos funcionários é o uso de uniformes. Com eles, toda a equipe pode se sentir parte de um mesmo time.

Daí a importância das empresas firmarem parcerias com fabrica de uniformes para fornecer o vestuário aos seus colaboradores.

Além do mais, disponibilizar canais de comunicação para que o colaborador possa emitir a sua opinião a respeito da empresa é algo imprescindível no endomarketing. Algumas soluções possíveis são:

  • Pesquisas anônimas com os funcionários;
  • Caixas de recomendação;
  • Mensagens de e-mail marketing;
  • Aplicativos de comunicação;
  • Entre outros.

Para ajudar na implementação das ações de endomarketing, uma dica é procurar por um software de gestão, que permite integrar os diferentes canais da empresa.

Rotinas de departamento pessoal

Os empreendimentos precisam lidar diariamente com uma série de burocracias, em especial referente ao pagamento de salários, organização de férias, benefícios aos funcionários, contratação de acordo com a CLT, entre outras atividades.

A gestão de recursos humanos cuida de toda essa parte documental, orientando os colaboradores sobre os documentos necessários para a contratação, onde fazer exame admissional, bem como em procedimentos para desligamento de cargos.

Qual a importância da gestão de recursos humanos?

Além de todas as atividades realizadas acima, a gestão de recursos humanos tem um papel fundamental no sucesso das empresas, pois ela é a principal responsável por evitar conflitos internos na organização e melhorar a produtividade dos colaboradores.

De acordo com uma pesquisa feita pela Sodexo, ao melhorar a qualidade de vida dos funcionários no ambiente de trabalho, os profissionais se tornaram 86% mais produtivos, com negócios até 70% mais rentáveis.

Até o atendimento ao cliente sente os impactos positivos de uma boa gestão de recursos humanos. 

Segundo um estudo publicado na Revista Exame, 86% dos clientes migram para a concorrência quando são mal atendidos – isso normalmente ocorre quando os colaboradores estão insatisfeitos.

Além do mais, a gestão de recursos humanos faz todo um trabalho de assessoria trabalhista, garantindo que todas as leis sejam cumpridas da forma devida, para que nem os colaboradores nem as empresas saiam prejudicados.

Como aplicar a gestão de recursos humanos na sua empresa

Para aplicar corretamente a gestão de recursos humanos da sua empresa, é necessário seguir alguns procedimentos. 

Eles são simples, mas ajudam a orientar a aplicação do setor, além de contribuir com a cultura organizacional do seu negócio. A seguir, confira as principais dicas.

Estabeleça metas aos colaboradores

As metas são grandes aliadas do setor de RH, pois elas ajudam na orientação das iniciativas e atividades. Ou seja, na gestão de pessoas, é fundamental definir os principais objetivos, para que os colaboradores saibam o que fazer em prol da empresa.

Vale dizer que as metas devem seguir critérios rigorosos, com base nos valores da organização e os objetivos do negócio.

Atraia profissionais acima da média

Hoje em dia, é cada vez mais importante selecionar candidatos altamente qualificados, pois  eles asseguram a qualidade dos serviços e contribuem para o crescimento das empresas.

Por esse motivo, a gestão de recursos humanos deve implementar uma série de boas práticas de conduta e realizar processos seletivos assertivos, para encontrar verdadeiros talentos profissionais.

Inclusive, uma recomendação é criar uma página de carreiras, onde os candidatos podem encontrar oportunidades mais adequadas ao seu perfil.

Invista na construção de equipes de alto rendimento

Uma das ações mais notáveis de uma empresa de consultoria organizacional é a criação de equipes de alto rendimento, a partir da contratação de profissionais talentosos e líderes com boa capacidade de motivação dos times.

Para isso, é necessário engajar os colaboradores, o que pode ser feito com uma série de programas de benefícios, entre outras recompensas.

Melhore os canais de comunicação

Uma gestão de recursos humanos só é eficiente quando os canais de comunicação permitem um diálogo aberto com todos os colaboradores. 

Afinal de contas, a tradição de que os gestores e líderes são inalcançáveis já foi quebrada – hoje em dia, o ideal é que eles sejam acessíveis a todos.

Além do mais, com um canal de comunicação amplo e intuitivo, os funcionários sentem que a sua opinião é valorizada pelos demais. Por esse motivo, é uma boa maneira de melhorar a gestão de pessoas e contribuir com a produtividade.

Monte um regulamento interno

Ter um regulamento interno é a chance de colocar em prática as boas condutas da organização e orientar os comportamentos dos colaboradores.

Desse modo, evita-se uma série de conflitos e outros atritos que, muitas vezes, poderiam ser sanados com um simples código de conduta.

Conclusão

A gestão de recursos humanos é um serviço essencial para todos os tipos de empresa. Basicamente, o setor é responsável por todos os processos de contratação, avaliação e seleção de talentos, além de lidar com o marketing interno e a comunicação corporativa.

Em um cenário cada vez mais competitivo, investir no aprimoramento da gestão de RH é uma maneira de se destacar da concorrência, pois a intenção do departamento é melhorar a cultura organizacional, propondo uma mudança de dentro para fora.

Dessa forma, é possível aumentar a produtividade dos negócios, visto que quanto melhor é a qualidade de vida dos funcionários dentro da empresa, maior é a satisfação e o empenho das suas atividades.

Como consequência, até mesmo o atendimento ao cliente sente os benefícios de uma boa gestão de recursos humanos.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leave a Reply